Início

As palavras não devem ser sempre tomadas ao pé da letra. Há casos em que sim, há casos em que não. Saber quando é o papel do profissional das letras. As palavras vêm sempre em um contexto (quem as escreve, para quem as escreve, quando as escreve, com qual intenção as escreve e como as escreve), e esse contexto diz muito a respeito das palavras. Seja em uma revisão, seja em uma tradução, na edição de um texto ou na sua redação, o olhar não ingênuo do profissional faz a diferença no processo linguístico, e por conseguinte no produto desse processo, muitas vezes concebido como “somente um texto”. Um texto nunca é só um texto, assim como uma pessoa nunca é só uma pessoa.