Oficina de escrita de romance policial

Legenda para este e para os próximos posts:

Shelley – autores, vocês (para quem não sabe, Mary Shelley é a autora do Frankenstein)

MaryShelley

 

 

 

 

 

 

Frankie – o livro (produto literário que estamos criando em conjunto)

Frankenstein's_monster_(Boris_Karloff)

 

Shelley, aqui seguem algumas coisas referentes ao nosso querido Frankie, que está aí aos poucos em gestação e que vai sair de um jeito ou de outro, nem que saia desmiolado ou com três desgloses na barriga. Em primeiro lugar, o que aconteceu no primeiro encontro:

DIA 1 – TER 29 DE MAIO

Arquivo da palestra de ontem, no link abaixo:

Palestra sobre romance policial

Segue também o pdf da minha dissertação de mestrado sobre romance policial para os interessados e curiosos nos temas e livros mencionados na palestra.

O sumário está na página 6. A parte referente à breve história do gênero se encontra nas páginas 74-77. As páginas 77 a 79 também podem ser de interesse. No fim, a bibliografia nas páginas 161-168.

Dissertação para download neste link abaixo:

dissertação Maikon Augusto Delgado (versão final DEPÓSITO)

 

Livros comentados ao longo da palestra, caso alguém tenha se interessado:

Os assassinatos da Rua Morgue, de Edgar Allan Poe

Terra e cinzas, de Atiq Rahimi (narrador em segunda pessoa; esse livro não é policial)

Trilogia de Nova York, de Paul Auster

O falcão maltês, de Dashiell Hammett

O sono eterno, de Raymond Chandler

 

 

ARQUITETANDO O LIVRO PROPRIAMENTE DITO

Regras

O nosso trabalho em evolução: Meu querido Frankie (versão 29 de maio de 2018)